sexta-feira, 24 de abril de 2009

Presidências

A dificuldade de qualquer regime democrático é encontrar uma figura representativa das expectativas individuais. Que o faça num espectro alargado e consensual, mais difícil se torna.
Serve a introdução para lançar neste espacinho uma discussão SÉRIA acerca do modo como os benfiquistas visualizam as características daquele que aceitam como seu líder máximo. Já tivemos tudo: Anarquistas, aristocratas, marchants, empresários, burlões, e voltando aos primórdios, farmacêuticos. O que até é bom, pois sinto muita azia vindoura neste tema.
Dou a minha achega, levem-na se quiserem: O Presidente do Sport Lisboa e Benfica deve ser uma Entidade. Ou seja, não precisa de aparecer, basta saber-se que existe. Em casos de extrema gravidade surgirá, mas muito pouco. O Presidente do Benfica tem de ter uma reputação imaculada, antes e durante. A História escreverá o resto. O Presidente do Benfica não se pode esgotar no futebol, quer queiram quer não o Presidente não pode ser refém da bola que vai ao poste ou do árbitro comprado por outrém. O Benfica é demasiado grande, e representa demasiadas coisas para os benfiquistas para se esgotar no mero campo desportivo, o Benfica é IDENTIDADE.
Quem for Presidente tem de compreender isto acima de tudo o resto.
No plano mais prático deve sobretudo saber delegar. E confiar. Tal como o devem fazer também os sócios. CONFIANÇA E IDENTIDADE. Algo que temo estar demasiado esbatido no NOSSO CLUBE.

9 comentários:

MM disse...

Concordo plenamente mas acho que passa muito por uma questão de mentalidade que me parece que em portugal não existe. Noutros paises sim. Por exemplo, quantas vezes aparece o Glazer no Man Utd? Ou alguém sabe quem é o presidente do Arsenal?

Passaralho disse...

Absolutamente de acordo!

Sem mais nada.

Cumprimentos,

APLANE disse...

Boas...

Tb estou totalmente de acordo...

sabes de alguem com o perfil e qualidades para desempenhar o cargo nos moldes que desvreves...?

Se sim, o meu voto é para ele...

APLANE disse...

Boas...

Tb estou totalmente de acordo...

sabes de alguem com o perfil e qualidades para desempenhar o cargo nos moldes que desvreves...?

Se sim, o meu voto é para ele...

Kaiser disse...

Entidade, confiança e identidade cheira a bafio...

piazzanuova disse...

Tens de interpretar o significado pela positiva, não pelos fantasmas fascistas que ainda assombram este país.

Quanto à personalidade desejada, ainda não esgotei a minha fé em Vieira. Tem muita aresta a limar, mas com o ganho de experiência do Rui na função, Vieira fará o que faz melhor: Gerir.

LC disse...

"Por exemplo, quantas vezes aparece o Glazer no Man Utd? Ou alguém sabe quem é o presidente do Arsenal?"

Se vivesses em Inglaterra terias opinião bem diferente, aparecem e não é assim tão pouco, a questão é que só dão a cara para falar dio que é útil, para fazer as figuras que vemos presidentes italianos, espanhóis ou portugueses fazer têm lá outros.

Mas também vêm falar mal dos jogadores e afins.

Já agora, deixo-te aqui algumas tiradas de Peter Hill-Wood que na altura li porque gosto de acompanhar:

http://www.goal.com/en/news/1712/arsenal/2008/11/28/986051/arsenal-chairman-wenger-has-money-we-want-the-champions-league

http://www.tribalfootball.com/arsenal-chairman-hill-wood-unhappy-hoodie-cesc-234180

Kaiser disse...

PARABÉNS À TELMA MONTEIRO, A NOSSA CAMPEÃ DA EUROPA DE JUDO!!!

sondagensgloriosas disse...

Participa no blogue sondagensgloriosas.blogspot.com respondendo a questões pertinentes sobre o Glorioso Benfica e sugere perguntas para serem colocadas em sondagem.

A opinião de todos os Benfiquistas é fundamental.