sexta-feira, 3 de abril de 2009

Um precedente aberto

Se o tribunal reconhece a presença de Augusto Duarte em casa de Pinto da Costa, mas não reconhece a tentativa de corrupção, qualquer presidente de clube poderá receber, a partir de agora, árbitros em casa, sem que nada lhes aconteça?

2 comentários:

Kaiser disse...

Desde que esteja presente uma puta, na qualidade de companheira do dito presidente.

Pedro disse...

Era notório que as provas que sustentavam a acusação eram débeis, dai o processo ter sido arquivado no inicio, de qualquer forma convém reter que a juiza aplicou a regra "indubio pro reu" e isso deve ser salientado.

Cumps