quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Contador

É muito simples: o ciclismo, enquanto modalidade desportiva que arrasta multidões, depende da tua inocência. Não nos enganes, por favor!

5 comentários:

Neo disse...

O ciclismo há muitos anos que deixou de arrastar multidões...as "limpezas ao sangue", os "suplementos e afins" já mataram o verdadeiro ciclismo. O Contador está tão limpo como todos os outros. Não deve haver um (1!) ciclista de topo que não recorra a algum método para aumento de performance. O tempo em que se formavam campeões com muito suor e acima de tudo a dar o que não se tinha, já é ido.

Manuel disse...

Ainda perdem tempo com o ciclismo
?... Tsss, tsss...

Se dissessem era ao Jesus para falar menos e não se acagaçar de cada vez que joga fora para as competições europeias... Tirar o Saviola na altura em que tinhamos tudo para dar cabo deles com o Aimar atrás dos dois avançados, fosse o outro o Cardozo ou o Kardec... Tss, tss...

Constantino disse...

Não quero soar a velho do restelo, mas o ciclismo enquanto modalidade desportiva de multidões está morto. Não é por ser ter sido o Contador, o Pantani ou o Ulrich, é por estes serem apenas mais 3 em centenas. Não há prova internacional onde não seja apanhado mais 1 ou 2. Aliás, a principal atracção das prvas de ciclismo actualmente, não é saber quem ganha, mas saber que vai acusar positivo num controlo. Porque há sempre alguem que acusa.

JNF disse...

E o idiota do Ricco foi novamente apanhado, agora com substâncias dopantes em casa.

redjan disse...

O ciclismo está assim ao nível de todas as modalidades olimpicas nos países da antiga cortina de ferro!