quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Viajar numa nave sem rumo

Os lagartos viajam numa nave sem rumo. Sem rumo, sem sentido e sem fim definido. Chama-se, a isso, nevegar ao sabor do vento.
Sucede que eu sei - como muitos outros que por aqui passam - que o Sporting, enquanto clube, tem os dias contados. Pode transformar-se numa sociedade de um grupo de sociedades, ou, mesmo, ser adquirido ao preço da uva mijona. Agora como clube, finito...
Apurar-se-ão, no futuro, as razões. Apurar-se-ão, no futuro, os culpados. Mas há, desde já, uma certeza: quando passaram a governar para um bando de delinquentes, acabaram.
O que é, a todos os níveis, lamentável...

1 comentário:

Nessuno Dorma disse...

Eu também acredito que sim. Aliás, tenho confrontado uma ou outra lagartixa mais próxima com o "fim". A verdade é que nem reagem...