sexta-feira, 23 de julho de 2010

O que o Benfica perde com a saída de Ramires?

O Benfica está em risco de perder Ramires. Isso é um facto indesmentível, já que o treinador está resignado com a situação e a Direcção vai tentar minorar o esforço negociando por um valor mais alto.

O negócio de Ramires é conhecido. Kia e Bertolucci emprestaram dinheiro ao Benfica para o clube trazer o jogador para a Europa, com a "promessa" de depois de valorizado, poder render mais do que aquilo que se custou. E ao fim de um ano, já estão a ganhar. A Jazzy Limited pagou 50% por metade do passe, e o que o Benfica receber, terá sempre de o devolver à dupla de empresários que se chegou à frente com o dinheiro.

Qual a vantagem deste tipo de negócio para o Benfica? Fica com um activo válido, para o período de um ano, onde se possa rentabilizar a ele e à equipa. O Benfica serve ao mesmo tempo, de placa giratória de jogadores, onde é uma ponte para outros campeonatos mais competitivos e para outras equipas com outro poder financeiro. Por outro lado, o dinheiro que foi investido pode ter retorno ou não. Neste caso, teve.

Qual a vantagem para a equipa competitiva do Benfica? Neste caso concreto de Ramires, não há grande vantagem competitiva para a equipa do Benfica. Ramires ocupa uma posição específica no sistema de jogo de Jorge Jesus e a sua polivalência é extremamente importante para o grupo de trabalho. É nas transições defensivas que Ramires é importantíssimo, função que o Ruben Amorim cumpre exemplarmente, mas com menos velocidade do que a do brasileiro. Para além disso, as lesões que Ruben Amorim sofreu o ano passado não dão a mesma garantia do que Ramires.
Outro factor crucial tem a ver com o factor "crescimento sustentado" de equipa, ou seja, com a manutenção dos principais jogadores no clube durante vários anos, por forma a criar uma cultura de clube. Um jogador entrando e saindo no espaço de um ano não consegue assimilar esse tipo de cultura.

Resumindo, se Ramires sair por 20 milhões, como se fala, não deixa de ser um bom negócio. É um jogador multi-posicional em qualquer lugar do meio-campo, é novo e com margem de progressão, mas não depende do Benfica proibir a saída do jogador. E isso é preocupante. O Benfica perde um extraordinário jogador e até ver, sem substituto à altura...

4 comentários:

Constantino disse...

Para mi Luisão e Ramires são os jogadores que mais dificilmente são substituiveis no SLB. Luisão porque um lider e capitão não se arranja assim do pé para a mão e Ramires porque simplesmente não há nenhum jogador no mercado com as caracteristicas especificas dele. Ramires foi feito para o esquema do JJ e por muito bom que Ruben seja (porque é) tem caracteristicas fisicas e posicionais diferentes do brasileiro. Aliás, parece-me que mais do que a falta de 3 defesas titulares, o que o SLB tem sentido falta é de Ramires, que é o jogador que "cola" a equipa. Notou-se em guimaraes que muitas vezes a equipa ficava partida e o Airton e o Javi ficavam sozinhos no meio sem o apoio do interior direito (porque do esquerdo ningueme spera apoio defensivo). Mas quase que aposto que o rapaz não sai.

Pedro disse...

Basta aceitar que esta situação já estava definida no momento em que ele chegou para q a perda do Ramires não seja tão intensa. Nem podemos fazer disto um bicho de 7 cabeças pois se sabemos que jogadores como Ramires são raríssimos devemos aceitar, tb, com naturalidade a "obrigação" de o substituir por um outro jogador com outras características. O dinheiro encaixado permite ir ao mercado com alguma bagagem e trazer alguem realmente BOM, sem margem para dúvidas.

Manuel disse...

Não concordo quando se diz que o Benfica não pode fazer nada. É mentira.

O Benfica pode (e deve na minha opinião) comprar os 50% aos 'mecenas' que o trouxeram pelo valor que eles pedirem (50% do valor que o Chelsea ou alguém esteja a oferecer).

Renova com o jogador e aumenta a cláusula.

Problema resolvido.
E acho que Ramires também não se importaria muito com isso. É novo e tem tempo.

Parece-me dinheiro bem mais empregue e com muito mais potencial de retorno que estar a comprar Rodrigos (para continuar de mãos atadas em negociações futuras), Alípios, Robertos (por 8,5), Simões, Huntelares, Lethos e afins...

Devo ser só eu...

Cumprimentos,
Benfica Sempre!

Pedro disse...

Manuel, não seria mal pensado. Tudo depende das vontades...