terça-feira, 30 de agosto de 2011

A defesa do jogador português

No rescaldo do Mundial sub-20, meio mundo gritou contra os clubes portugueses e a falta de aposta nos jogadores nacionais. Causa justa, motivações erradas (que me perdoem mas pouca qualidade individual reconheço à esmagadora maioria dos atletas presentes na Colômbia). Ilesos escaparam os ouvidos do responsável máximo da FPF, pois poucos se deram conta (ou preferiram simular a distracção) da sua ausência na Colômbia. Chegamos, entretanto, à fase de decisão de entrada nas competições europeias. Alguns clubes com deslocações ao estrangeiro solicitam o adiamento dos seus jogos na Liga e a FPF, sempre sensata nestas coisas, retira atletas aos clubes. Venha o Sindicato queixar-se da falta de espaço para estes atletas quando o órgão máximo do futebol português colabora no estreitamento desse espaço. Tivesse Artur sofrido algum infortúnio e o Benfica entraria em campo com um jovem de 16 anos na sua baliza. Mas desconfio que alguém ainda teria a lata de dizer que, graças à intransigência da FPF, uma porta se teria aberto para um novo valor do futebol português.

ps - Todos os que gostamos de futebol vamos elegendo outras simpatias clubísticas fora de Portugal. Umas duradoiras, outras passageiros. A Ricardo (e também a Valdo) este será o melhor elogio que poderei fazer: fui durante 4 anos um fervoroso adepto do Paris St Germain. Após o regresso a Luz deixei de ter preferências na Liga francesa.
Carrega Campeão !!!

pps - Sem brilho, dirão alguns, resultado do condicionalismos impostos por uma primeira parte atípica, digo eu, o Benfica sacou 3 pontos num terreno tradicionalmente difícil e colocou alguma pressão sobre Vitor Pereira. Foi uma boa vitória, mas deixou-me alguma preocupação relativamente ao lado esquerdo da defesa. Por Emerson e por Jardel.

2 comentários:

CM disse...

Sem tirar, nem por...só alterava algumas coisas! o final do teu pps, onde te referes ao lado esquerdo da defesa! Do pouco que pude ver do jogo, e excluindo os ultimos minutos, pareceu-me bem, excluindo o lance em que o Emerson toca na bola para canto e simula falta, este ultimo lance que deu golo para nós, podia muito bem ter causado um empate e aí...a critica ao lado esquerdo seria sim...em peso!

Força BENFICA....que a Paciência ainda vai voltar ao seu habitat natural...o reino da fruta!

L. disse...

o problema do jardel é que ainda não aprendeu a jogar em defesa subida. ele é óptimo central para defesas baixas e blocos recuados, como se viu o ano passado quando estavamos em alvalade reduzidos a 10 e metidos la atras... em relacao ao emerson, nao vejo por enquanto mais que o facto de ter chegado ao maior clube da carreira dele, alem de jogar com o jardel ao lado. e mesmo com o garay, embora o garay seja um jogador de valia, e tambem alguem a chegar a um novo clube.