quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Twente x Benfica

Por diversas vezes, durante o dia de ontem lembrei-me da eliminatória da época passada da Liga Europa entre o Benfica e o PSV. De como tínhamos goleado os holandeses em casa e de como, em 30 minutos na Holanda, estávamos todos a ver a eliminatória ir por água abaixo, quando Lens e Dzudszak tinham feito o 2-0.

E ontem, quando Luuk de Jong consegue fazer uma finta de corpo e rematar forte e colocado para dentro da baliza de Artur, temi ver o mesmo filme da época passada. No entanto, e muito por culpa de Aimar e Witsel, o Benfica soube impor o seu jogo e partir para cima do Twente. Cardozo (mais uma vez) e Nolito (mais uma vez outra vez) foram os marcadores de serviço, mas o que me ficou na retina foi o sistema utilizado por Jesus, que não precisando de inventar, voltou a dominar o meio-campo.

No entanto, na segunda parte, parece que o desleixo voltou a tomar conta da equipa e se não fosse Artur, talvez o resultado tivesse sido diferente. Este Twente não é uma equipa difícil, mas também não é fácil, e isso pôde ser comprovado ontem. Na Luz, é necessário ter o estofo e a atitude suficiente para eliminarmos estes holandeses e irmos para a Champions. Se se repetir o mesmo resultado do PSV do ano passado, excelente. Se for uma vitória menos gorda, excelente na mesma! Convém não esquecer que o Twente é vice-campeão holandês e no ano em que o Benfica foi campeão, eles também o foram na Holanda. Todo o cuidado é pouco.

P.S. Cardozo continua a mostrar porque é um dos melhores avançados que já passou pelo Benfica. Os números não mentem. Ontem disse que estaria a 100% no Benfica. É uma boa notícia para nós. Temos pelo menos 20 golos garantidos esta época, seja em 4-4-2 ou 4-2-3-1. A sua utilização no sistema de um avançado é feita sempre na perspectiva da equipa que o Benfica defronta. Não é preciso ser nenhum mago para entender isto. Só não é preciso inventar...

2 comentários:

Irons disse...

E como o JJ adora inventar, um já cá está, espero que o outro chegue só depois de conquistar o Mundial, falo de Rodrigo e Nelson Oliveira, bons jogadores para os sistemas de jogo que temos!! Ai como eu imagino o Cardozo com um pé direito igual ao pé esquerdo, seria magnífico!

L. disse...

mister d, sem tirar nem pôr, é um caso de estudo o chorrilho de asneiras que se diz do cardozo por aí.

o golo que o cardozo fez na holanda, eu metia o falcão a tentar fazê-lo cem vezes. talvez acertasse uma.