quarta-feira, 3 de agosto de 2011

A pedido do BNRB

2 comentários:

Vasco disse...

O meu já está e trancrevo-o abaixo:

Exmos. Srs.

Venho por este meio pedir uma explicação para o facto de constantemente pedirem esclarecimentos à SAD do Sport Lisboa e Benfica, assim como a suspensão das suas acções, como aconteceu hoje.
Já o fizeram com negócios confirmados, e cúmulo dos cúmulos, com pseudo-negócios que ainda só eram conhecidos por boatos da comunicação social.
Já o fizeram por diversas vezes, e não os vejo ter o mesmo procedimento com outras SAD's, nomeadamente uma do norte, cujo presidente tem antecedentes criminais e cujos negócios têm muita pouca clareza. Só para dar um exemplo:
O jogador Givanildo de Souza, adquirido a um clube japonês foi pago a um clube uruguaio onde nunca jogou (não acham isto estranho?).
Como cidadão português e como adepto do Sport Lisboa e Benfica sinto (e como eu muitos outros) que os senhores têm dois pesos e duas medidas, pois todos os negócios que o SLB faz, são escrutinados ao mais ínfimo pormenor, ao passo que a SAD do norte faz o que bem quer e lhe apetece sem que Vossas Excas. tomem qualquer atitude.
Gostaria que me esclarecessem se o problema está na SAD do SLB que emite comunicados pouco esclarecedores, ou se efectivamente, os profissionais da área económica da SAD do norte são tão mais competentes do que os da SAD do SLB, e consequentemente os seus negócios são muito mais compreensíveis.
Para terminar, gostaria de afirmar que o objectivo desta missiva não é expressar o meu repúdio à vossa fiscalização. Não senhor. Acho que a mesma deve existir e que ninguém deve estar acima da lei. Só acho (e como eu muitos outros), que Vossas Excas. têm que regular de uma forma mais equitativa.

LC disse...

O Mister D juntou-se ao protesto mas para dizer que deviam pedir mais informações sobre a transferência do Roberto, do tipo:
1 - em quantas prestações vai ser paga
2 - se é a entidade superior ou o Saragoça que lhe vai pagar ordenados
3 - Se quando o Roberto defecar quem limpa é o Mendes ou o treinador.

Essas coisas.