quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Vacas na Praça de Espanha e Crescimento Negativo

Deparei-me, hoje de manhã, com um cenário apoteótico: na Praça de Espanha pastavam, chafurdando na relva e debaixo de uma chuva intensa, várias vacas! Vacas, mesmo. Disse, a quem me acompanhava, que ou estava com uma grande moca e em alucinação, ou alguém tinha descoberto, no centro de Lisboa, um belo sítio de pasto.
Pelos vistos não estava mocado. Ali, na Praça de Espanha, pastam, viradas para a embaixada dos nossos vizinhos, uma série de vacas açoreanas, graças a uma campanha publicitária que pretende que o povo vá, de férias, aos Açores. Influenciado pelas vacas, claro está.
Depois chego a casa e ouço, pela enésima vez, uma expressão que me dá um gozo do caralho: crescimento negativo! Crescimento negativo! Que grande expressão!

Perante isto, o que dizer do pedido de António Salvador para que Vitor Pereira se demita? O que dizer?

Sobre posição, mais uma vez, cobarde do Sporting, nem digo nada!

2 comentários:

Pain disse...

Lamento informar mas ... as vacas não são açoreanas :| São da Moita. Que publicidade enganosa :P

Kaiser disse...

Pois, é que trazer as ditas dos Açores sai caro: diz que os bilhetes de avião são baratos...como sempre...