domingo, 12 de dezembro de 2010

a turma do assobio, vai para a Puta que a Pariu

O avô da Leonor Pinhão ensinou-lhe que assobiar o Benfica era pior do que cuspir no prato da sopa. Assobiar um jogador que vista o manto sagrado é assobiar o Benfica.
A cultura de outros pode ser essa. A nossa tem de ser a inversa!
Um Pai que ensina um filho tem de lhe dizer, de pequenino, que o manto sagrado é como as sagradas escrituras. E violentá-las é profanar o sagrado.
Assobiar o Benfica é como cuspir no prato da sopa!
Acima de qualquer guerra, acima de qualquer Presidente, treinador ou jogador, está a nossa estrutura genética. Perdê-la é perder o espírito da fundação!

19 comentários:

Manuel disse...

Porra, inespugnable, ora aqui está um post inteligente e com o qual eu concordo inteiramente!

xenrik disse...

100% de acordo.

Paulo Costa disse...

Mais nada, totalmente de acordo!

lawrence disse...

Assinado por baixo!

Passaralho disse...

Concordo. Plenamente.

Não esquecendo nunca que a exigência deve existir e fazer-se sentir. E as responsabilidades devem ser pedidas.
Mas de outras formas que não assobiar a equipa ou o jogador quando em campo.

Cumprimentos,
Benfica Sempre!

último! disse...

Infelizmente, acho que já perdemos há algum tempo, não há cena que me deixe mais triste

Muitos benfiquistas são responsáveis por alguns jogadores que não vingaram às vezes por falta de tempo outras porque alguma imprensa o quis, é triste mas alguns benfiquistas vão atrás, assobiar, como é possivel? Eu não consigo.

xenrik disse...

e todos unidos lá vencemos o braga! :)

O domingos é mesmo um monte de merda humano. dasssssseeeeee

Constantino disse...

Sempre fui da opinião de que não se deve assobiar jogadores do SLB, mas quando vejo um palerma dominar a bola à entrada da nossa área e recuar com a bola dominada até à linha de fundo para queimar tempo à espera que venha um adversário e só depois agarrar a bola........ eu assobio porque estou longe dele e não o consigo agredir fisicamente.

kapotes disse...

um post no qual me revejo totalmente, seja qual for a direção treinador. No estádio ao longo deste ano já mandei uns quantos para outro sitio...
O pior de tudo é ouvir pessoa que "aparecem" no estádio uma vez por anos a assobiar...

Paulo Gonçalves Marcos disse...

Interessante e pertinente.

Penso que só podemos ter duas atitudes: aplaudir quando gostamos ou manter um silêncio de reprovação.

Jamais assobiar os nossos. Isso é dar força aos nossos inimigos.

Quando às direcções ineptas ou corruptas, o local de manifestar o desagrado dever ser nos blogues, na imprensa, mas acima de tudo nas assembleias gerais e nas eleições.

www.antonuco.blogspot.com

DeVante disse...

Boa rima!

Não fossem os assobios acredito que ainda estávamos a levar com o Kardec e o Peixoto.

Viva os assobios inteligentes!

P.S: Há que enquadrar no tempo a lição recebida por Leonor Pinhão...eram tempos onde estas espécimes não envergariam o manto sagrado!

Cosimo Damiano disse...

Se fossemos pelas ovações ainda andavamos a levar com o Rocha, o Petit, o Sabry, o Roger, o Cebola.... só para falar dos que já saíram!!!!

Cosimo Damiano disse...

Sou frontalmente contra os assobios, apenas quis mostrar como é falaciosa a argumentação do DeVante.

M disse...

eu nao assobio o Benfica em lado nenhum, então na Luz, é impensável.

nunca hei-de perceber gajitos que aos 10 minutos de jogo, já apelidam jogadores de chulos...

uma caralhada de irritação lá sai de vez em quando, mas quando não gosto, remeto-me ao silêncio.

DeVante disse...

Cosimo,

...o Léo, o Mantorras, o Nuno Gomes, and so on...

Eu já ouvi o Cardozo a ser assobiado, na Luz e depois vi-o marcar um golo...não acabou o mundo...

Os mesmos que exigem "outra atitude" aos jogadores do Benfica, que suem a camisola e que dêm tudo o que tiverem, vêm agora dizer que não se pode assobiar, quando estes mesmos jogadores demonstram o contrário do exigido?

Que devo fazer quando algum jogador estiver manifestamente a jogar mal? Aplaudo?

Cosimo Damiano disse...

Se um jogador está a jogar mal o assobio só o fará jogar pior.
Se for um problema de falta de atitude aí é outra questão. Eu prefiro que se faça sentir o desagrado fora do jogo.

inespugnabile disse...

Há aí gajos que se vissem a bola ao pé de mim já tinham gasto muito dinheiro no dentista, ai há há...

DeVante disse...

"Se um jogador está a jogar mal o assobio só o fará jogar pior."

Não é verdade e já te dei um exemplo: Óscar Cardozo!

Então não se criticou o Roberto pela "fragilidade psicológica"?

Ou querem-me fazer crer que uns podem ser assobiados e outros não?

pmaf disse...

Não só concordo como ponho em prática. Noutro dia o velho ia levando uma bofetada. Saudações do cativo vizinho!