quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

David Luiz

Por alturas da comemoração do 106º aniversário do Sport Lisboa e Benfica, alguém decidiu pôr a circular, embora de forma limitada, a seguinte informação: o clube recebera em Dezembro uma proposta a rondar os 40 milhões de euros por David Luiz e comunicara ao jogador a intenção de a aceitar. O brasileiro terá recusado, argumentando querer ser Campeão e saldar a dívida de gratidão que tinha para com o Benfica e a sua massa associativa. O Benfica aceitou, mas avisando que não poderia recusar proposta de semelhante valor no fim da época.

Chegados a Maio já a Imprensa dava por garantida a saída do jogador. O amigo Ruben Amorim, primeiro, e o próprio David, depois, o negaram. Começa então a confusão. A Imprensa insiste em propostas concretas, abaixo dos 40 milhões anteriormente referidos mas altamente tentadoras para um clube com a dimensão económica do Benfica. E os rumores crescem. As habituais fontes bem colocadas contradizem-se. Por um lado diz-se que David Luiz faz força para sair. Por outro, comenta-se que é o brasileiro, mais uma vez, a meter um travão nas pretensões do Clube. As más exibições do central fazem-nos pender para a primeira tese, mas David Luiz, com a sua recente declaração, legitima a segunda.

Interessa-me pouco quem tem razão. Importa-me muito, mesmo muito, que estas informações contraditórias, postas a circular em círculos próximos, provenham de uma mesma fonte: o Sport Lisboa e Benfica.

Sem comentários: