domingo, 19 de dezembro de 2010

Vitória

O Benfica conseguiu ontem uma importante vitória sobre um Rio Ave que veio disputar o jogo pelo jogo, mas só quando já estava a levar com dois no bucho. A permissividade da defesa contrária e o movimento de desmarcação de Aimar são dois momentos importantes para David Luíz fazer o passe para o argentino marcar o primeiro.
Salvio, Saviola e Gaitán (a espaços) foram alguns dos melhores intervenientes no jogo de ontem e João Tomás mostrou, que apesar da idade, consegue melhor do que muita coisa que por aí anda no campeonato português.

Mas o momento da noite foi, sem dúvida, o que aconteceu com a Águia Vitória e com o seu treinador. Já não é a primeira vez que Rui Pereira opta por fazer valer a sua posição de Director de Segurança do Estádio da Luz com várias pessoas, usando e abusando do seu estatuto.
Se Jorge Gabriel diz que ninguém está acima das regras, e isso é uma permissa, também é certo que os hábitos que existem há alguns anos não podem mudar assim consoante as vontades.

O Benfica não é o único clube no Mundo que tem uma águia no símbolo. Outros há por aí espalhados que decidiram seguir uma medida INOVADORA do nosso clube, com o voo da águia. O seu tratador, como negociador que é, optou por expandir o ramo de negócio. Alegar desta forma, que ele não cumpriu as regras é adoptar um discurso do mais cobarde possível.

Se não queriam que Barnabé estivesse mais na Luz, rescindia-se contrato. Se queriam exclusividade, pagassem. Não fizessem o que fizeram, para sermos uma vez mais, chacota na piada nacional. Tudo por causa do símbolo maior do clube.

4 comentários:

bailarino disse...

Parece-me que a historia esta mal contada, porque não me parece que se chegue a este ponto só porque o Barnabé decidiu vender o voo para a Lazio.
Algo se deve ter passado nos ultimos tempos para se ter chegado a esta situação. E a presença do advogado do jogador na luz a prestar declaracoes aos jornalistas... Enfim.
Aliás, o Barnabé quando saiu completamente passado do tunel foi directo aos 1ºs jornalistas que encontrou (eu estava na luz e vi)e começou a bater em tudo o que mexia. Não me parece muito bem a posição de um inocente injustiçado.
Claro que não há anjinhos, e enquanto não se souber a historia toda, são apenas suposições. E não acredito que a culpa esteja apenas num dos lados (Benfica ou Barnabé). O que acho estranho é que se tenha deixado chegado a relação a este ponto.

Mas não acredito que a situação que o João Gabriel relatava (normas do clube) seja a questão de ter vendido o voo la fora. Essa situação já aconteceu há meses, e quê, agora vai levar porrada todos os jogos por causa disso?

No meio disto há uma coisa em que ele tem razão: vir-se novamente falar no tunel da luz, e neste caso a bater nos nossos, é só dar armas de arremesso aos nossos adversários.
Tudo o resto me parece mais folcrore que outra coisa e é uma situação que tem de ser resolvida internamente (mas sem violência!!!). Mas pronto, o JJ não foi embora antes do Natal, a imprensa já tem com que se entreter nos próximos dias.

Pedro disse...

Eu tenho tanta dificuldade em não acreditar q tudo isto é propositado...

inespugnabile disse...

Pois eu digo o que acho: uma palhaçada!

Do Barnabé e do clube.

O fim já se sabe: Barnabé fora.

RA disse...

" Essa situação já aconteceu há meses, e quê, agora vai levar porrada todos os jogos por causa disso?"

O que eu me ri à pala desta frase... hahaha