domingo, 8 de agosto de 2010

Aburguesamento?

Cito o Mister D: "quem tiver a possibilidade de estar em Aveiro a puxar pela nossa equipa, terá de o fazer de princípio ao fim."

E cito o inespugnabile: "É INADMISSÍVEL É APERCEBER-ME QUE ALGUNS DOS MEUS AMIGOS NÃO VÃO A AVEIRO PORQUE VÃO AO SUDOESTE, OU PORQUE QUEREM FICAR EM LISBOA A VER NAVIOS"

Isto para dizer que 90% dos benfiquistas presentes em Aveiro não foram lá fazer nada. Se era apenas para dizer "ah, eu estive lá", mais valia terem rumado a Sul para as praias ou gastar o tempo num centro comercial qualquer. E não aceito argumentação de nenhum tipo, especialmente aquela expressão batida de "a equipa não puxar pelos adeptos". O Porto jogou em casa e a culpa é nossa! O aburguesamento benfiquista sente-se nestes momentos, em que todos parecem de barriga cheia por se ter enchido o Marquês em Maio. Vamos repetir 2005, quando o entusiasmo benfiquista quase só se sentia nos jogos da Liga dos Campeões? Depois de uma época exemplar, hoje tive vergonha da apatia das nossas bancadas. E é bom lembrar isto: o poder dos andrades só terminará com vitórias do Benfica nos relvados. E são os troféus nacionais que ajudarão a destruir a máquina deles. Deixemos sonhos europeus para mais tarde.

Do jogo jogado, para já, nada digo. Estou cansado e ainda não me passou a irritação com este "detalhe" do jogo.

Sobre o estádio onde se disputou a partida: é simpático mas o sistema de acesso é medonho e permitiu várias escaramuças antes da partida. Uma irresponsabilidade, tendo em conta o passado recente dos encontros entre Benfica e Porto.

5 comentários:

VHugo disse...

Os adeptos do benfica sempre foram assim infelizmente.Apenas se lavantam para insultar o árbitro! E sim eu também lá estive e não gostei nada do local do jogo! demorei 2 horas a sair de perto do estádio! è bem preciso um treinador para a bancada para ver se o povo começa a apoiar, e foi e é aí que o porto vence sempre!Os jogadores recebem a força da bancada. Coisa que no benfica só acontece quando não é preciso, ou seja, quando vamos em primeiro.

www.forcamagicoslb.blogspot.com

Pedro disse...

Não estive lá por isso não te irei contrariar mas na TV não ficou nada essa imagem, bem pelo contrário. Tirando os minutos a seguir ao primeiro golo e a parte final do jogo ouvia-se muito mais SLB do q fcp....

VHugo...isso é de uma injustiça sem palavras...basta recordar a época de Quique e do apoio brutal do primeiro ao ultimo jogo q a equipa teve sendo reconhecido por todos os jogadores estarem em dívida para com os adeptos por causa disso.

João Tomaz disse...

Também não fiquei com essa ideia... além disso, estive no dragão o ano passado e dos 3 minutos até marcarem o primeiro golo, estiveram sempre caladinhos e só nós é que apoiávamos... O ano passado, na luz, calaram-se como golo do Saviola.
Ontem, para eles, foi fácil apoiar. Estavam com medo de levar 3 ou 4 e apanham-se a ganhar aos 2 minutos e, pela frente, tinham uma sombra de Benfica.

Márcio disse...

A equipa jogou como jogou e a tua preocupação é atacar os Benfiquistas que foram ao estadio porque esses não fizeram barulho suficiente? Muitas das pessoas fizeram um sacrifício enorme, financeiramente e não só, e estão ali a ver uma equipa completamente descontrolada em campo desde o primeiro minuto.

Estes posts do eu sou o maior benfiquista e os outros não valem nada, que são basicamente o mesmo que ver quem mija mais longe, não fazem sentido nenhum.

Deviam estar preocupados é com a exibição vergonhosa que os jogadores fizeram em campo, isso sim foi preocupante.

DeVante disse...

Eu vi o jogo na TVI e só se ouvia os adeptos corruptos. estavam mesmo a jogar em casa.

Na primeira parte em que estiveram atrás da baliza de Roberto o barrulho era ensurdecedor sempre que o nosso GR tocava na bola. Hélton não teve o mesmo tratamento.

Era sempre falta quando Moutinho caía porque o barrulho que vinha das bancadas "obrigava" o árbitro a marcar.

Pela televisão não se aprecebeu da presença sonora encarnada nas bancadas! Facto!