quarta-feira, 6 de maio de 2009

Paisagem, Coral e Escória

Passar um fim-de-semana (e mais uns dias...) na Madeira, a beber coral atrás de coral (e alguma Poncha...) e a aturar a escória que preside a determinada claque de determinado clubezeco, não é tarefa que apresente facilidades. Mas ultrapassou-se, estou bem de saúde e continuo a amar o Sport Lisboa e Benfica!
Por isso não compreendo as duas posições extremadas que por aí gravitam. Se é verdade que fomos, quando podíamos ter dado o golpe de mestre, afastados da possibilidade de chegarmos às Antas com 10 pontos de avanço, não é menos verdade que passámos pelo mês de Dezembro e de Janeiro com o Rei na barriga, pensando que o campeonato já era nosso.
Desprezámos, na essência, a força do sistema, não trabalhando, mental e fisicamente, a equipa para as dificuldades que se adivinhavam.
Em Matosinhos, em casa com o Vitória de Setúbal e Nacional, fora com o Trofense e o Belenenses, entregámos o ouro ao bandido, sendo que o bandido apareceu e tirou o que podia tirar.
Só quando percebermos, de vez, o jogo de equações que rege o futebol português poderemos, com firmeza, vencer. Não basta sermos melhores. Temos de ser os mais fortes!

5 comentários:

Mister D disse...

Meu caro inespugnabile:

Se não trabalhámos mental e fisicamente as dificuldades, de quem é a culpa?

Se não percebemos o jogo de equações que rege o futebol português, de quem é a culpa?

Para sermos os mais fortes, o que é preciso?

inespugnabile disse...

é preciso alguém que tenha uma mentalidade vencedora. é preciso alguém que não trabalhe no gabinete. é preciso alguém que perceba se os jogadores são vencedores. é preciso alguém que saiba onde éstá o poder. é preciso alguém que queira derrubar o poder...

enfim, é preciso alguém que anime quando as tropas estão em baixo e que exija quando se festeja em exagero. é preciso alguém que se porte como um pai, mas que seja severo na vitória e paciente na derrota.

Mister D disse...

E quem é esse alguém?

Giuseppe Morabito disse...

sem falar de nomes onde se inclui esse alguém na estrutura do Benfica, ou se já existe alguém com essa posição quem se substitui?

Kaiser disse...

Amén!