terça-feira, 22 de março de 2011

Saber (re)agir

A primeira resposta ao incidente de ontem tem que ser dada, como bem recorda o Nessuno, já amanhã, enchendo o pavilhão e criando, dentro dos limites da razoabilidade, um verdadeiro Inferno para os andrades. Lá estarei.

Qualquer Benfiquista que se sinta acordou revoltado. É, se não erro as contas, o 5º ataque ao autocarro do Benfica em 10 meses. E a devolução com pagamento de juros é naturalmente a primeira coisa que nos passa pela cabeça. O problema, como já muitos hoje disseram, é que nós temos sempre mais a perder.

Não significa isto que estejamos obrigados a manter a apatia. Pelo contrário! E há muitas formas de os atingir sem perdermos a razão. Podemos com alguma inteligência virar o feitiço. Quem sabe se não acabam eles por perder a cabeça novamente?

1 comentário:

Unknown disse...

Relembro aqui as sábias palavras do Sir Bobby Robson: "Mozer two, Fernand Coute zero". Ou, por outras palavras, é dentro de campo que se responde a agressões e provocações, deixando-os de cabeça perdida e afundando-se no próprio ódio.