quinta-feira, 25 de junho de 2009

Jesus lido e Jesus ouvido

São a mesma pessoa e simultâneamente pessoas distintas. A entrevista de hoje à Bola, revela um treinador que maturou o seu processo de pensamento em relação ao que quer para o futebol Benfiquista. Revela um conhecimento do plantel raramente propalado por técnicos que acabam de chegar à Luz, e sobretudo revela uma vontade de vencer sem processos dilatórios que é, à falta de melhor termo, brutal!

Isto é Jesus lido. Jesus ouvido é outro jogo completamente diferente...
O único desejo que formulo em seu e em nosso nome, é que os sócios não se deixem tomar pela estética em detrimento do conteúdo. Este Jesus vai ser um manancial de piadas pseudo - elitistas, matéria de infindáveis cartoons e a garantia da 4ª temporada do "Zé Carlos".

Quero relembrar aqueles que são, digamos, mais orientados para a forma e menos para o conteúdo, que ser-se bonitinho e bem falante às vezes não chega. Levando o argumento mais longe diria que, nos dias de hoje se não for "press-friendly", melhor para nós.

Temos de retomar a cultura do trabalho duro, operário, árduo. Essa é a massa que construiu o Benfica. As luzes da ribalta vieram depois, e mesmo assim houve o cuidado de tentar preservar nos plantéis jogadores que abraçavam essa filosofia de trabalho e de vida quase ascética.

Estrelas? Muito bem, venham elas. Mas operários também.

Até agora sou fã. Mas chegará a altura em que Jesus não será lido nem ouvido, mas sim, visto. O que quero e desejo é que TODOS o ajudemos a materializar a sua visão.

A glória dele será a nossa! Hossana nas alturas!

Benfica sempre!

1 comentário:

MM disse...

"Este Jesus vai ser um manancial de piadas pseudo - elitistas, matéria de infindáveis cartoons e a garantia da 4ª temporada do "Zé Carlos"."

Pessoalmente, isso passa-me ao lado...

Eu defendi a continuidade de Quique. Mas nesta altura Jesus é o meu treinador. E muito sinceramente, com o passar dos dias, cada vez mais acredito no seu sucesso. Bem sei que não tenho ainda nada com que sustentar este acreditar... Mas, é um feeling!

Força Jesus!
Força Benfica!!!