sexta-feira, 29 de abril de 2011

Coração

É o que se pede sempre. A exibição podia ter sido melhor, muito melhor, mas ontem tivémos aquilo que nos faltou nas duas últimas partidas. E quando há coração e atitude, é muito mais fácil perdoar tudo o resto.

5 comentários:

kispuz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kispuz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kispuz disse...

os do minho jogaram forte e feio com a beneficio do arbitro e só ver o cartão ao aimar..

Que dizem da entrada do alan ao max uma entrada assassina ,ou so o byna leva cartão vermelho...

sotilmae disse...

Kispuz... pois eu também vi o max a arriscar de mais com o Alan e ficou limpo... Irra, também agora foi o árbitro; não há pachorra! Então não era de fora, o homem!? Nunca estais satisfeitos.
A ser assim digo-te 2 lances que podiam mudar o jogo: logo a começar um fora-de-jogo mal tirado ao Sílvio, cara a cara com o Roberto; falta de Cardozo (mão marota nas costas) do Paulão, ... Claro que imagino que isso para ti não é bem assim...

Luis Miguel Beirao disse...

o porko azul vai vomitar o teu odio noutro lugar culpa tem o dono do blog aceitar comentarios de ressabiados e azuis grunhos ,o minha egua e os fora de jogo e as entradas do teu amiguinho trauliteiro que com outro arbitro não marcava o golo ,antes estava na rua ...

o aimar fez uma falta de lado e levou i«um amarelo a besta do minho vandido deu fruta ccomo o teu presidente tem dado durante anos a mim não me enganas o porco azul vai vomitar na depuradora das antas comigo baixas a bola queres ver...
- Jorge Nuno Pinto da Costa é condenado pela Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) a dois anos de suspensão por tentativa de corrupção ao árbitro de dois jogos - com o Beira-Mar e Estrela da Amadora, na época 2003/04.

Por este motivo, mantém-se a condenação de Pinto da Costa e do FCP por tentativa de corrupção, facto de que nenhum outro clube da I Liga foi alguma vez acusado ou pelo qual foi condenado.


es de um clube corrupto não podes ser boa egua...fim