sexta-feira, 8 de abril de 2011

(No 5.º dia, foram criados os peixes e as aves)

Grande resultado! Grande casa! Alguns bons adeptos...


Começo pelo princípio. Quando me encaminhava para a Catedral, senti-me nu: tinha-me esquecido do meu cartão de sócio e daquele outro onde são carregados os bilhetes. Tive que voltar atrás. Conclusão, vi os últimos 25 minutos da primeira parte na nossa roulote.

Ao mesmo tempo, na roulote ao lado da nossa, 7 ou 8 elementos das Brigadas de Intervenção Rápida (SIR) deliciavam-se com bifanas e imperiais. Sim, eu disse bifanas!

Dois golos depois, efusiva e quase solitariamente comemorados, rumei à Catedral. Estava a abarrotar. A quantidade de bilhetes duplicados que foi emitida deixa um qualquer estádio brasileiro num chinelo...

Depois...depois vieram os borlistas e outros que tal com os seus assobios (CAMBADA DE FILHOS DA PUTA!), desejosos de festejar o 3-2. O Roberto esteve mal? Esteve. É motivo para assobiar? NUNCA! No dia em que me virem a assobiar um jogador do Nosso Glorioso, podem tirar-me o cartão de sócio: deixei de ser digno!

Os irmãos gémeos das alimárias acima referidas resolveram sair antes da hora: vão e não voltem! Gostamos de festejar os golos em família.

No mais, entre ameaças da autoridade e afins, começo a pensar que a Direcção está em gestão. Vamos no quinto dia pós massacre-apagão-rega. Palavras...zero.


Não fossem as nossas Papoilas Saltitantes...


FOMOS NÓS, SR. PRESIDENTE! FOMOS NÓS!


1 comentário:

Cantanhede disse...

Cambada de filhos da puta que têm a coragem de assobiar um dos nossos... Foda-se ontem não fiquei no meu sector habitual e estive rodeado dessas bestas! Ainda por cima, houve um sem número de jumentos que saíram 15m!?!??!! antes do jogo acabar! Eu sei que se devem respeitar todos os benfiquistas... Mas há uns... Que só me apetecia arrear-lhes com um pau!