terça-feira, 5 de abril de 2011

Europa

A vitória do Schalke no Giuseppe Meazza não deixa de ser surpreendente, mas valida as cautelas de alguns, poucos, Benfiquistas que não embandeiraram em arco com o sorteio da Champion's League. Não se trata de ter medo ou de menorizar a nossa qualidade, mas convém que os Benfiquistas avaliem bem os adversários. Conservo a convicção de que o Benfica pisará o relvado de Lansdowne Road no dia 18 de Maio, mas não acredito em facilidades, mesmo que o PSV fosse um dos meus adversários de eleição. Humildade e união, na relva e na bancada, serão essenciais depois de amanhã. E dispensam-se obsessões com goleadas e eliminatórias resolvidas nos primeiros 90 minutos. Essencial é vencer sem sofrer golos.

2 comentários:

inespugnabile disse...

Astuto, meu amigo, estou como o mourinho: zero a zero, na primeira mão, jogando em casa, já não é nada mau...

Pedro disse...

Eu acredito que podemos vencer isto mas só o faremos se formos humildes e trabalhadores. E, muito importante, os jogadores quererem tanto como nós essa conquista!!!