sábado, 23 de abril de 2011

Diário de uma Viagem

Andando por terras do Minho e sem internet, optei por fazer uma compilação diária para colocar aqui. Cá vai ela:

21 Abril - Minuto 67

Decorria o minuto 67 e Carlos Xistra toma uma acção cobarde no último Benfica - FC Porto. Evitava a expulsão de Rodriguez por entrada sobre Maxi Pereira, para minutos depois mostrar um amarelo a Javi Garcia por uma obstrução simples no meio-campo.

Não seria pela expulsão de Rodriguez que o FC Porto perderia o jogo, mas pelo menos, o abalo psicológico (de que Villas-Boas tanto gosta) seria maior do que o que foi. E estes pequenos pormenores, às vezes, fazem a diferença.

É considerável que o FC Porto é, neste momento, superior ao Benfica. Sem sombra de dúvidas e é bom questionarmos isso. Sendo benquistas, tendo sido campeões o ano passado, pasma-me como é que não conseguimos saber aproveitar o elan criado pela onda vencedora do campeonato para minarmos o domínio que a equipa do Porto tem tido nestes últimos anos.

É impressionante como é que nos rebaixámos tanto. É impressionante como é que mostrámos uma inferioridade tão surpreendente. É impressionante como é que os blogs benquistas usam tanta vez a palavra "reerguer". É impressionante como é que o Benfica demonstra esta tendência, sempre após ganhar um título…

22 Abril - História várias vezes repetida

Depois de avaliar as consequências do derby, a imprensa da dita especialidade afirma que se Jesus não ganhar a Liga Europa e a Taça da Liga, tem o lugar em risco no clube. Outro jornal diz que os jogadores não compreenderam o treinador. A palermice não tem limites e a voz que afiança com tanta certeza os desfechos futuros é a mesma que noutras ocasiões não deu o peito às balas e não clamou pelas suas responsabilidades.

Como tenho a clareza de filtrar muita da informação que transborda nesses escritos "sagrados", é fácil tirar conclusões. A voz do dono continua activa e muito célere em escorrer as culpas. A mesma voz que escolheu determinadas pessoas para se afeiçoar. A mesma voz que brotou em barda as suas escolhas na altura do sucesso. A mesma voz que é conivente com Deus e mais vezes com o Diabo. A mesma voz que nunca se ouve nestas alturas.

E o isco está lançado para as mentes menos claras. O responsável já está escolhido e se há um ano, o estado era de graça, hoje já estamos em desgraça total e completa. E o mesmo de sempre, escapando incólume aos erros que despoletou e que criou para que o estado se desgraçasse…

5 comentários:

MAFARRICO disse...

-Minuto 67, quem cala consente.
-Dia 22, continuamos calados.

BENFICA SEMPRE

Xenrik disse...

e a não expulsão do Rolando no jogo do sporting tb conta.

L. disse...

a obsessão.

falta um ano para as eleições.

seara? bagão? guerra madaleno? futre e um chinês?

L. disse...

obviamente, tenho que acrescentar que estou com jesus. e por mim tinham-lhe renovado o contrato assim que perdeu em braga.

janjanreis disse...

foda-se, voces viram o jogo em diferido ou que? eu vi o jogo no dia 20 de Abril.